Durante 9ª Rondônia Rural Show, investidores de Israel anunciam projeto para impulsionar a piscicultura do Estado

Vice-presidente da Câmara de Comércio Brasil Israel, Jack Magid fez apresentação do projeto Pride Tambaqui de Rondônia

Ocupando o 3º lugar como maior produtor de peixes do Brasil e sendo líder na produção de peixes nativos em cativeiro no país e também na produção de tambaqui  de acordo com o Anuário da Piscicultura 2022 da Associação Brasileira da Piscicultura – PEIXE BR, Rondônia deu um passo importante para alavancar a piscicultura nesta terça-feira (24) com o anúncio do projeto “Pride”, de iniciativa de investidores de Israel, que trata-se da implantação de um Centro de Conhecimento Sustentável para ajudar a cadeia produtiva de peixes, especificadamente o tambaqui, a se fortalecer.

O projeto foi anunciado durante o segundo dia da 9ª Rondônia Rural Show, que segue com programação até o dia 28, no Parque Vandeci Rack, em Ji-Paraná. O ‘‘Pride”, em inglês, significa orgulho, busca valorizar a aquicultura por meio de pesquisas tecnológicas e científicas. Em Rondônia, a implantação da mega fazenda de tambaqui, que servirá como um local de treinamento para produtores,  está prevista para acontecer no município de Ariquemes, no Vale do Jamari.

Projeto de valorização do tambaqui em Rondônia impressiona público da feira

O investimento total do empreendimento é estimado em U$ 80 milhões de dólares. A projeção é que sejam gerados nos primeiros seis meses, 50 postos de trabalho, e que em um ano alcance 100 pessoas. Entre 5 a 7 anos, a expectativa é alcançar 5 mil postos de trabalho. O “Pride” tem como meta implantar um restaurante de tambaqui de Rondônia em Nova York até 2023 e triplicar a produção até 2028.

O governador de Rondônia, Marcos Rocha, destacou o orgulho de Rondônia em receber grandes negócios como esse que aproveita a vocação do Estado para impulsionar a economia e trazer mais qualidade de vida aos rondonienses e ressaltou o compromisso do Estado no fortalecimento de políticas públicas que ajudam no desenvolvimento rondoniense.

”O Governo busca trabalhar em conjunto para gerar mais empregos e renda para nossa gente, somando para ajudar no fortalecimento das cadeias produtivas”, pontua ao destacar que o empreendimento deve receber apoio do Fundo de Investimento e Desenvolvimento Industrial do Estado de Rondônia (Fider).

No Centro de Conhecimento Sustentável, os produtores serão treinados para atender o padrão internacional do consumo do tambaqui

O secretário de  Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Avenilson Trindade, destacou que o “Pride” é o case de sucesso do programa de atração de desenvolvimento do Governo, o “Invest Rondônia”. ”Esse projeto consolida a política pública de atração de investimentos de Rondônia, ao prospectar um empreendimento que contempla a aptidão do Estado. Somos um dos maiores produtores de tambaqui do país, um produto muito saboroso. Acreditamos que o “Pride” irá transformar a cadeia de peixes de Rondônia, e também a economia do Estado”.

O empresário e vice-presidente da Câmara de Comércio Brasil Israel, Jack Magid, fez a apresentação do projeto “Pride Tambaqui de Rondônia”, no Espaço Empresarial Internacional da 9ª Rondônia Rural Show e mostrou em vídeo a projeção de como ficará o Centro de Conhecimento Sustentável, o que impressionou o público. Ele explicou que no local, os produtores terão conhecimento de toda a cadeia produtiva, o que contempla genética, saúde, tratamento da água, o qual Israel é referência, produção; processamento; economia integrada; inteligência artificial e gestão inteligente.

“Pride” é o case de sucesso do programa de atração de desenvolvimento do Governo, o “Invest Rondônia”

”Rondônia tem o melhor peixe do mundo e estamos juntando as pontas para levar esse melhor peixe do mundo para o mundo. Nesse centro de conhecimento os produtores serão treinados para atender o padrão internacional, o que abrange a certificação e homologação do tambaqui para os países importadores, a logística adequada a cada mercado e o marketing adequado a cada país”, informa Jack Magid.

PISCICULTURA DE RONDÔNIA

– Rondônia é o 3º maior produtor do Brasil;

– É o maior produtor de peixes nativos em cativeiro  do Brasil;

– As maiores cidades produtoras estão na região central e Vale do Jamari;

– Em 2021, a produção de peixes nativos em Rondônia foi de 59.600 toneladas;

– A principal espécie produzida é o tambaqui. A produção desta espécie representa 90% da produção do Estado;

– Nos últimos três anos, Rondônia exportou 193.900 toneladas de tambaqui.

– O tambaqui ocupa a 3ª posição nas exportações de pescado do Brasil;

[Fonte: Peixes BR 2022   e Seagri]

Link de referência

Yaulim Braz

Rede Master Brasil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: